Tornero (Controlados)

De Wiki Petercast
Ir para navegação Ir para pesquisar

Tornero é um mago bomin de Prima-u-jir, conhecido principalmente por ser o discípulo de Byron.

"Ao se virar, viu o capuz deslizado para as costas, os braços cruzados, a guarda da espada aparecendo na cintura. Viu um rosto que, sem dúvida, conhecia: claro, pacífico, até mesmo um pouco bobo, mas que já não parecia tão inocente por detrás da basta barba negra. O cabelo, também escuro, estava desvairado e cheio, dividido ao meio e caindo ao lado dos olhos como colunas enquadrando suas feições." A Aliança dos Castelos Ocultos, Capítulo 1

História[editar]

Desenho de Tornero feito pelo autor na época da produção do primeiro livro.

Tornero nasceu na mesma jir que Lamar, numa família de trabalhadores. Sempre foi competitivo e orgulhoso, e considerando-se merecedor de mais do que a vida lhe oferecia - especialmente quanto mais ouvia sobre o mundo para além de sua jir; um mundo de alta política, magia, poder, viagens por toda Heelum e grandes conquistas. Sentiu-se assim, tremendamente injustiçado quando a Lamar, principalmente devido às terras de seus pais, foi oferecida a oportunidade de se tornar mago.

Tornero buscou convencer Byron de que ele era a pessoa certa pra ser seu discípulo - e Byron ficou impressionado com sua determinação.

Com o passar do tempo, Tornero se envolveu com a política local; absorveu uma ideologia prevalente entre os magos, segundo a qual são absolutamente merecedores de uma posição social vantajosa, sendo motivados, assim, a defendê-la contra o assalto de alorfos e filinorfos com quaisquer meios disponíveis.

Volume I[editar]

Quando Lamar retorna a Prima-u-jir e começa a ensinar secretamente magia alorfa para a população, Byron descobre e envia Tornero para exigir que Lamar interrompa o ensino. Eventualmente, o mestre bomin decide que Lamar deve ser punido, e ele é então preso.

Quando Kerinu e Lamar fogem para Kerlz-u-een, Byron e Tornero criam um plano que acaba atraindo os dois alorfos e Caterina para a mansão de Byron. Tornero é então dominado por Kerinu com magia espólica. Caterina e Lamar fogem, e Byron manda Tornero ajudá-lo a fazer de Kerinu um refém ao invés de ir atrás da dupla.

Volume II[editar]

Cuidado! Você pode sofrer spoilers para o Volume 2 da Série Controlados se continuar a ler! Para ler o segundo volume da Série Controlados, é gratuito: leia online ou baixe o livro em PDF ou ePub neste link.

Tornero percebe que há algo de errado com Byron, e com o tempo faz com que Kerinu confesse que o mestre, devido a uma técnica do alorfo, não consegue sair de seu castelo. Em meio às tarefas que precisa executar para Byron em meio à Guerra da União, Tornero conspira para, aproveitando a fraqueza do bomin, matá-lo e herdar sua fortuna e poder.

Tornero presume que o testamento de Byron, uma pessoa em geral solitária, lhe beneficie. Por essa mesma razão, não pode simplesmente matar o mestre; deve fazer com que sua morte não possa ser ligada a ele, o que invalidaria sua sucessão em termos de cargos e bens materiais.

Seus dois planos falham; ele não consegue, por exemplo, fazer com que Alice o mate, e torna-se um prisioneiro (por um plano oculto de Byron), o que o impede de manipular inimigos em combate nas ruas de Prima-u-jir para tornar Byron um alvo principal. Quando enfim encontra a liberdade, é tarde; Alice descobre que Byron, numa tentativa de dissuadir Tornero de seu plano se o momento chegasse, transferiu sua herança para ela. Ela, então, conspirou para matá-lo e culpar alguém por isso. Vendo que poderia acabar sendo culpado, Tornero foge de Prima-u-jir.

Listas[editar]

As seguintes listas organizam os capítulos em que a personagem apareceu na história, as técnicas mágicas que executou (caso seja um mago), e os confrontos, físicos ou mágicos, dos quais participou.

As listas contam com aparições (ou menções), técnicas e confrontos explícitos. Quando ocorre algo simplesmente possível ou presumível isto não é listado, não confirmando o evento mas ao mesmo tempo não significando que ele não tenha ocorrido. Isto se dá pelo fato de que a interpretação do autor não quer dizer muita coisa, e a narrativa pode ser interpretada de diversas formas de acordo com os indícios deixados ao longo do caminho, desde que a interpretação seja consistente.

Aparições[editar]

Técnicas[editar]

  • Volume I
    • Tornero admite ter influenciado os alunos de Lamar de várias formas - Capítulo 1
    • Tornero utilizou o fogo para dissipar a neblina que Caterina provocou em Neborum - Capítulo 23
    • Tornero fez com que Enrita viesse até ele e Byron, saída de uma das aulas de Lamar - Capítulo 34
    • Presumindo que não havia outro mago na força-tarefa que prendeu Lamar, Tornero novamente controlou seus alunos de variadas formas - Capítulo 35
  • Volume II
    • Tornero fez com que Alice tivesse raiva de Byron - Capítulo 45

Confrontos[editar]

  • Volume I
    • [Heelum e Neborum] Tornero luta contra Lamar e Kerinu - Capítulo 60
  • Volume II
    • [Heelum e Neborum] Tornero e Alice brigam quando Tornero tenta fazê-la matar Byron - Capítulo 45
    • [Heelum] Tornero e Enrico repreendem Kerinu na casa de Byron - capítulo 59
    • [Heelum] Tornero é atacado pelo filho do general Coreno, a pedido de Byron, e é levado para uma cela na cadeia de Mosves - capítulo 64
    • [Heelum] Tornero executa Verônica - capítulo 64
    • [Heelum e Neborum] Tornero e Byron lutam - capítulo 66
    • [Heelum e Neborum] Tornero é dominado por Kerinu no caminho da casa de Byron para a jir central - capítulo 66
🗺 Você está navegando pela Wiki Petercast! Há várias subwikis, e portanto não se confunda: para voltar à página principal do Neborum Online, clique no link do submenu Neborum Online na barra à esquerda!